Inspiração: Terrários.

Estou buscando opções alternativas para decorar a casa e economizar (dinheiro e meio ambiente). Como tenho dois vasinhos com suculentas, cheios de mudinhas, preciso transpor para outros vasos. Acabei pesquisando e encontrando diversas opções para fazer com suculentas, e a que mais chamou minha atenção foram os terrários.

Imagem via
Os terrários consistem em trabalhos delicados (ou apenas simples) que podem ser feitos com suculentas, principalmente as que não tendem a crescer muito. A maioria nos remete a mini jardins, pequenos ecossistemas cultivados em vasos de vidro, ornamentados com diversas pedrinhas, cascas de madeira...ou o que sua imaginação permitir!

Imagem via                                                                  Imagem via

As pedras no fundo do terrário são exatamente para o escoamento da água, já que o vidro não tem os furinhos embaixo e suculentas não vivem bem em terra muito úmida. A água escorre para as pedrinhas e cria um ciclo de umidade que irar "auto regar" a suculenta. Não pode exagerar na água!


No site da Casa Cláudia tem um passo a passo maravilhoso que dá pra gente fazer. Não gasta nadinha desde que se tenha o vaso, a terra e disposição pra encontrar pedras que você queira usar na decoração.

Eu amei! Quando fizer o meu venho mostrar! Provavelmente neste feriado colocarei a mão na terra!
:*
Uma linda quarta!

Frase de efeito: Nahon Castro.

No último final de semana o Nahon Castro voltou a Camaçari para mais uma palestra cantada. Ele não canta na palestra, mas sempre traz o grupo Porto da Alegria que traz o repertório com lindos arranjos para explicar, através de canções, aquilo que o Nahon expõe diante da visão espírita.

No meio de tudo me surge uma frase que eu não poderia de deixar pra lá:

Foto pessoal.
"Paixão sem a razão é cega, a razão sem a paixão é inativa."
(Autor desconhecido)


Basta dizer que entendo que isso não serve apenas para relacionamentos amorosos. Serve para tudo. Inclusive por aquela paixão por alpinismo que você nutre dentro de você mas não te levou a lugar algum pois você sempre coloca empecilhos para se mover. Ou quando busca algo de forma tão apaixonada que esquece a prudência e beira a obsessão desmedida.

Enfim, equilíbrio sempre. Para tudo na vida.

:*
uma linda terça!

Programa: Menos é Demais!

Mais um feriadão e eu consegui resolver diversas coisas de casa. É incrível como temos coisas a organizar em nossa casa, depois de quase três meses de mudança pro apê! 

No começo, gastei muito pra poder colocar a cozinha em alguma ordem, com vasos e utensílios que são mesmo necessários comprar. Porém, após assistir ao programa Menos é demais! estou percebendo o quanto me afastei da preciclagem e reutilização de bens e embalagens. 

Imagem via
Graças às dicas da Fê Cortez e da Chiara Gadaleta consigo parar e pensar em ideias sustentáveis para diversas coisas de decoração aqui de casa. E tenho muitas em andamento, mas não posso contar ainda por não ter concluído devido a alguns pequenos contratempos, mas em breve compartilharei cada coisa com vocês.

Voltando ao programa do Discovery Mulher, Menos é demais!, ele fala muito do consumismo desmedido e do acúmulo de coisas que a maioria das pessoas faz sem perceber, ou percebe não não toma atitude ou não vê o quanto esse comportamento é nocivo em diversos aspectos para a qualidade de vida. 

Tanto a Fê quanto a Chiara tem dicas suuuuuuper bacanas em cada programa, seja para a decoração de um ambiente, reforma de roupas e móveis, a dicas de plataformas de troca, venda, e outras coisas que eu jamais imaginei que existissem.

Imagem via
A Chiara é ex-modelo, ex-stylist, ex-estilista e agora é empresária. Dona da marca Tarantula, suas criações de lingeries, vestidos de festa e acessórios para casa são nutridos da personalidade que lhe completa. Seu lema é moda sustentável, com estilo.

Imagem via


A Fernanda Cortez (ou Fê Cortez) é empresária e criadora do movimento Menos 1 Lixo que é "uma plataforma sobre alternativas de consumo consciente". O lema da Fê é a busca por uma vida com menos excesso e mais essência. 

Eu acompanho o programa no Discovery Home & Health, toda quinta-feira a partir das 20:30. Vale super a pena. Além disso passei a seguir as meninas no Insta e FB, e favoritei o Menos 1 Lixo e a Ecoera. 

Tô aqui pra aprender e evoluir, vamos também?

:**
uma semana iluminada!

Frase de efeito: Filme - Jackie.

A frase de efeito de hoje veio do filme Jackie, uma história interessante sobre a primeira dama americana, esposa de John F. Kennedy, e suas sensações após o seu assassinato.

No geral, o filme é bom e traz a Natalie Portman numa versão da Jacqueline Kennedy que achei interessante. O jeito de falar e caminhar ficaram bem definidos, apesar de eu não saber como eram os trejeitos da primeira dama. Mesmo assim, observei que eles utilizaram filmagens reais para definir certas cenas do filme, o que torna ainda mais interessante conhecer esse enredo.

Imagem via

Pessoas perfeitas não conseguem mudar. O Jack ficava cada vez melhor, mais forte.

Verdade...quando parei pra pensar, quem é perfeito não precisa de aprimoramento, pois já atingiu a perfeição. Não que conheça alguém perfeito nessa vida, mas exatamente por isso a Jackie fala sobre o marido desta forma. Como todos nós, ele não era perfeito, mas além disso ele buscava se aprimorar e isso lhe dava mais força para melhorar mais. Apesar de ser uma regra da vida, nem todos os humanos buscam essa melhoria (falo daquela que dignifica a nossa passagem por esse mundo) e o ideal é que todos busquemos a nossa melhoria de vida pessoal, mental, espiritual, profissional, interpessoal...seja como for.

Uma linda terça pra você!
:**

Dia dos namorados...na segunda!!

Dia dos namorados em plena segunda-feira! Não dá, eu só imagino as filas e mais filas em todos os lugares que imagino ir. prefiro ficar em casa essa noite, até por que amanhã tem labuta! Combinamos um jantarzinho em casa mesmo, com uma massa e molho...talvez um vinho, paz e sossego.

Assim espero! Vamos ver como chego em casa depois do trabalho e academia!

Sobre presentes....não vai rolar. O presente esse ano é a minha adorável companhia e dotes culinários (só pra massas..rsrsrs), e uns brigadeiros gourmet que encomendei e depois mostro pra vocês! Mas admito que não consigo deixar nada em branco e já pesquisei uns presentinhos criativos com canecas e mensagens interessantes...

Para quem está priorizando a moradia e a saúde, como nós ultimamente, vale um presente que sirva para o casal e para a casa. Eu gostei muito de algumas coisas que vi por aí como esse combo pipoca da Uatt?

R$ 119,90..precinho salgado...


Mas como não temos canecas ainda (demos as que tínhamos na nossa casa há quatro anos atrás). Linda essa opção da Arte em papel:

R$ 25,00

A Westwing ainda dá ideias bacanas para organizarmos o jantar com uma linda e atrativa mesa. Um dia eu chego nesse nível, olha que linda:



Depois me conta o que você aprontou por aí!

:*
Um feliz dia dos namorados pra vocês!

Dica de quinta: Receita de bolo de aipim (macaxeira).

Com a proximidade das festas juninas, não poderia deixar de trazer uma receita de uma comidinha básica para o São João: Bolo de aipim (você pode conhecer essa raiz por macaxeira). Eu amo! Meu favorito! Posso sair da dieta no São João por uma ótima causa!

Imagem do blog, retirada do livro (Senac).
Em uma postagem anterior eu falei do livro que ganhei e até trouxe receita de acarajé (confira aqui!), hoje eu trago uma receita simples de se fazer, que resulta em um apetitoso bolo!


***

Ingredientes


  • 1 kg de massa de aipim
  • 200 g de açúcar
  • 50 g de manteiga (derretida)
  • 50 g de coco ralado
  • 1 gema
  • 1 xícara de leite de coco
  • 1 colher (chá) de sal


Modo de preparo


Coloque o aipim ralado (ou passado no liquidificador) numa vasilha com todos os ingredientes. Misture bem, até formar um creme. leve ao forno em forma ou assadeira untada com manteiga e vá regando com uma mistura de leite de coco, sal e açúcar. 


Tempo para assar: 40 min.
Temperatura do forno: 200º C.

Dica 1: Para se obter 1kg de massa de aipim é preciso 1,3kg de raízes.
Dica 2: Sempre que o aipim for passado no liquidificador, espreme-se para retirar o excesso de água e goma.

Gostou?
Vale testar, né?

:**
uma linda quinta!

Inspiração: Lousa para a cozinha.

Eu e meu namorado ficamos muito ansiosos para decorar o apê, mas já disse a ele que essa parte tem que ser aos poucos mesmo. É uma questão de personalidade não é só "decorar por decorar". É pra dar alma, visual, materializar nossos sentidos.

Lousa na cozinha está muito em alta, mas não é por isso que eu curto e sim, pelo fato delas serem funcionais, divertidas e criativas. Estou pesquisando alguns "Faça você mesma" para poder confeccionar a nossa. Estou em uma pegada mais econômica e também AINDA MAIS ambientalmente consciente, então preciso reduzir nosso consumo.

Vamos a alguns D.I.Y. que achei em blogs bacanas:

Imagem via
A Fran, do Morando Sozinha, dá umas dicas bacanas para quem quer fazer uma parede de lousa, seja preta ou verde escolar. 

Imagem via
A Lelê Gianetti, do I Could Kill For Dessert, dá umas dicas muito bacanas também, mas são bem completas pela diversidade de materiais em que se pode fazer essa técnica.


Imagem via
A Nina Braz, do Tu Organizas, fez a parede dela na cozinha americana muito linda! Tem um vídeo no blog dela explicando (segue o link) como ela fez com o contact.


O que gosto em todas essas dicas é a diversidade, opções, preços (por que já estou aqui imaginando custos!)... Inclusive lembrei que tenho contact preto fosco lá no trabalho, pois comprei para vedar as janelas de vidro e proteger minhas costas da incidência solar na parte da tarde (lá no trabalho), e sobrou um bom pedaço!

Só que não vou fazer na parede, vou fazer um quadro. Acho melhor pois na cozinha não tem parede lisa, todas tem revestimento.

:**
linda quarta!

Frase de efeito: Livro - Bom dia, Sr. Mandela.

Imagem via

"A coisa mais importante que qualquer pessoa pode dar é seu tempo".


Assim a Srta. La Grange diz que o Sr. Mandela lhe ensinou. E assim aprendemos com ela. Em meio a um caos social que vivemos nos dias de hoje, onde PRECISAMOS buscar meios de sobrevivência e acabamos comprometendo todo nosso tempo com o trabalho, raros são os momentos que conseguimos dispender para estamos com pessoas que alegram nosso coração, que sentem nossa falta e de quem sentimos falta. Tempo, nos dias de hoje, se tornou mais escasso e mais raro do que a água potável, e com igual valor e importância à vida humana.

Hoje podemos nos perguntar: o que temos feito com nosso tempo?

:*
Uma terça de paz e luz pra gente!

Final de semana com o filme: Negação.

Desde o dia que vi o trailer desse filme ele ficou em minha cabeça. Eu ia assistir de qualquer jeito e, por isso, coloquei um post-it no meu monitor me lembrando da sua data de estréia nos cinemas: 09/03/17. Foi ali que sabia que ia ver um filme interessante sobre uma história real, que me deixaria fascinada pela dedicação de pessoas em provar algo que jamais imaginei que pudesse ser contestado (e ainda acho incontestável!) como em Negação.

Imagem via
As impecáveis atuações de Rachel Weisz, Timothy Spall e Tom Wilkinson dão a dose certa de drama à película, que nos instiga a conhecer mais da trágica história que recaiu sobre o povo judeu pelas mãos do líder alemão Adolf Hitler. 

Imagem via
Enquanto David Irving (Spall) nega a existência do holocausto durante a Segunda Grande Guerra, a historiadora Deborah Lipstadt que se opõe a dar significância à pessoa de Irving ou à sua fala deturpada sobre os fatos ocorridos. Porém, ele resolve processá-la por difamação e aí temos o início de uma série de questionamentos que são levantados e não tão facilmente rebatidos.


Admito que a atuação do Wilkinson como o advogado defensor da ré (na justiça britânica o réu é que tem que provar que não é culpado), Deborah, me encantou mais. Achei a interpretação dele bastante realista. Aliás, de todos eles, o time de atores é excelente.

Imagem via
O filme é muito bem executado e achei estranho não tê-lo visto nos cinemas por aqui. Não tem grandes cenas ou caprichadas cenas de suspense. Conta o que ocorreu há pouco tempo (entre 1998 e 2000) levantando também o questionamento a respeito da liberdade de expressão. Este não é foco da história, mas acaba sendo levantado e bem justificado através do posicionamento da historiadora Deborah Irving.

Recomendo!
Uma semana de paz e luz pra gente!
:*

Dica de quinta: 5 dicas para quem tá comprando na planta x reformando.

Finanças é sempre um assunto importante para tratarmos. Não sou expert, mas acredito que algumas experiências que passamos nos ensinam muito!

Reforma custa muito caro. Não adianta achar que aquele orçamento previsto vai caber na grana que você juntou, no piso que você comprou e deixou guardado, no enxoval que você conseguiu fazer a duras penas já que comprou seu apartamento na planta, por que algo vai custar um pouco mais por algum imprevisto que provavelmente surgirá.

Hoje eu zelo muito para dar a minha casa o aspecto dos seus donos. Nossa personalidade. Pois assim são todos os lares, impregnados  de quem ali mora. Falta muito ainda e a grana é curta pois tem um resquício de reforma ainda nos nossos rendimentos. Como dica para quem está comprando apartamento ou casa na planta, eu digo o seguinte: organize as suas contas. Todas elas! 

Arquivo pessoal
1. Comprando na Planta:

Durante a obra é importante que compreenda o que pode ou não modificar no apartamento para não comprar algo que não vai usar. Também tenha muito cuidado com a escolha dos acabamentos, é um desperdício de dinheiro muito grande quando você coloca um revestimento e se arrepende depois, por exemplo.

Imagem via
2. Fazendo o enxoval:

Fazer o enxoval enquanto paga as parcelas é algo importante! Compre seus lençóis de cama, panos de prato, jogo de panelas, pratos, talheres, de forma que você goste mas que também sejam FUNCIONAIS! Muita coisa sai de moda e você pode enjoar de um quadro que comprou e ficou lá dois anos na caixa, esperando o grande dia de ser pendurado, aí você decide que não quer ele, que nem combina com sua decoração.

Imagem via
3. Comprando o necessário:

Dizem que "beleza não põe mesa", e mesmo que o seu conjunto de bowls seja lindo, você não vai povoar a mesa com 10 ao mesmo tempo. Além disso, para que você vai querer tanto edredom e colchas de cama, capas de travesseiros aos montes, 300 travesseiros na cama, se seu apartamento não vai ter nem onde guardar, nem onde lavar? E mesmo que tenha...já imaginou o trabalho que isso dá (tirar e colocar)? Compre o útil, ainda que opte pelo belo, mas que saiba que irá usar e que terá prazer nisso.
O meio ambiente agradece!

Imagem via
4. Fluxo de caixa:

Planilhe se for necessário, monitore a parcela que vem na fatura do cartão de crédito e a que já finalizou, o que é mais urgente comprar e o que não é. Não vá na onda de parcelar em 10 vezes sem juros! Faça o possível para se livrar de cada compra o quanto antes, pois você precisará de limite para algo que possa surgir no caminho!


Imagem via
5. Atribuições dele e dela

O fato é que eu e meu marido temos nossos rendimentos. Admito que, por enquanto, cada um administra o seu e eu acho que essa é a forma correta para um não querer controlar o outro. Assim, dividimos os pagamentos entre "contas dele" e "contas dela", para que cada um saiba dos seus compromisso financeiros e não se atrapalhe com os pagamentos. Ele ainda se atrapalha e acaba pagando algo com atraso ou na data do vencimento, porque esquece. (rsrsrs)


***

Por enquanto, essas são minhas dicas principais. Você acrescentaria alguma, por experiência própria?

Claro que isso não é muito, mas só o dia a dia vai te ensinar a lidar com cada coisa que surge...e não se engane, sempre aparece algo para pagar, comprar, mudar...

Uma ótima quinta!
:**

Frase de efeito: Os celtas.

As inspirações vêm quando querem, né?!

Eu ando bastante inspirada ultimamente...Atualmente eu trabalho em casa escutando apenas músicas celtas, sem auxílio de TV (já que sempre estava com a TV ligada para ajudar na concentração). Então resolvi trazer um pouquinho dessa energia para esta nossa terça-feira, extraindo uma frase de uma reportagem deste site:

Imagem via

Os celtas acreditavam que as palavras registradas graficamente comprometiam a realidade e a energia dos fatos, podendo criar interpretações incorretas da verdade.

É assim que me sinto muitas vezes ao escrever para pessoas no Whats App. Como forma de remediar a informação mal transmitida, acabo fazendo textos longos que provavelmente ninguém lê e, então, a importância da informação se perde na prolixidade. Igualmente, nós blogueiros tomamos muito cuidado com o que escrevemos em nossos blog, para não informar mal as pessoas, ou influenciá-las com energias comprometidas ou realidade distorcida.

É importante ter cuidado ao se registrar palavras por escrito. O outro geralmente interpreta do jeito como ele se sente naquele momento.

Vale a dica!

:**
uma terça harmoniosa para nós!

Filme do final de semana.

Eu trabalhei no final de semana mas também consegui relaxar um pouquinho com o marido. Resolvemos assistir a algum filme e eu tinha A Chegada disponível. Primeiro, eu AMO a Amy Adams e também o Jeremy Renner, mas "de quebra" e não menos importante tem também o Forest Whitaker.

Imagem via

Basicamente o filme fala da chegada de visitantes não terráqueos em nosso planeta, e trata-se de descobrir suas intenções. Acaba com uma sinopse que nos leva a crer em um enredo já conhecido e clichê. Mas a personagem da Amy, a doutora Louise (uma linguista) vai tratar de nos levar para uma nova perspectiva sobre o assunto.


Imagem via
É um filme muito bonito, eu diria. Gostei das cenas da Amy fazendo contato com os alienígenas. E apesar de cair em alguns clichês (como os EUA sendo os mocinhos e a China sendo a vilã), a gente pode facilmente anular essa parte desnecessária e aguardar mais algumas cenas para que algumas revelações sejam feitas.

Imagem via
Há ainda uma mensagem que achei de maior importância no filme, que devemos ter atenção: a importância da linguagem, da comunicação. Ela está explícita por todo o filme, e nos leva a um desfecho que basicamente nos diz isso: não nos comunicamos corretamente. Sempre poderá haver algum sentido na fala do outro que não compreendemos e, talvez, seja realmente esse um mal do mundo humano.

Basicamente, eu amo filmes assim. Filmes em que me dá um frio na barriga imaginando possibilidades e o quanto desconhecemos absolutamente TUDO sobre nós e o universo. E nessa infinidade de coisas entra o tempo. E aí meus olhos brilham e meu coração palpita ainda mais, pois são as possibilidades que me fascinam.

Sem mais, antes que eu traga algum spoiller aqui!
Recomendo!

:*
Uma semana iluminada para nós!

Coisas de casa: Cadeiras com pernas palito.

Sabe aquelas cadeiras lindas de pernas palitos que estão super em alta? Então, não é sem motivo que as ditas cujas são tão queridas por quem está decorando seu apê, casa, escritório...sim, elas são versáteis para diversos ambientes e não é à toa que os designers e arquitetos optam por utilizá-las em projetos de decoração.

Nós compramos duas Charles Eames Botonê, que são essas estofadinhas. São lindas e confortáveis e acabamos reconsiderando a ideia de fazer um baú (tipo canto alemão), para pedir mais duas em cor branca.


Essas cadeiras possuem design feito para ser moderno, bonito e funcional. Eu tinha medo delas não aguentarem peso, mas elas estão dando conta, tranquilamente. Custaram R$ 409,99, no site da Mobly (o frete saiu a R$ 115,84 e mesmo assim ficou mais barato que em outros sites), e chegaram com poucos dias (acho que 9 ou 10 dias).



Nessa última foto você vai perceber que minha mesa está um pouco alta para as cadeiras, mas é porque o marceneiro ainda vai ajustar o tamanho dela, que ficou 4cm mais alta do que o padrão (que é de 80cm).

Recomendo as cadeiras sim, apesar de ter escutado críticas sobre o encosto que vai para trás. Isso não é bem verdade, ela tem uma leve impulsão pra trás quando forçamos naquela direção e sabemos que muita gente se senta como se fosse deitar na cadeira, aí estraga tudo mesmo. É só usar a cadeira para a função dela e tudo dará certo.

Você tem/já experimentou a cadeira Charles Eames Botonê (ou pernas palito)?

Um final de semana maravilhoso a todos nós!
:**

Dica de quinta: Receita de acarajé.

Olha só, sou baiana e AMO comida baiana. Mas jamais experimentei cozinhar qualquer coisa desta culinária que amo. Aliás, uma vez tentei um vatapá..não ficou ruim, mas não ficou como deveria ser. 

Ontem fui em um evento de Hotelaria onde nós da Vigilância Sanitária e Ambiental esclarecemos não só questões de legislação e boas práticas, mas também a importância da Vigilância da água para consumo humano, disponibilizada aos hóspedes e funcionários da rede hoteleira da Orla de Camaçari.

Saí de lá com um "livrinho de receitas" e olha....ele é fantástico! Nele estão contidas receitas pesquisadas em publicações do Senac e no legado popular. Não poderia deixar de partilhar com vocês (ainda que não gostem, ou não conheçam, alguém próximo a vocês pode querer testar), o espetáculo gastronômico que temos aqui na terra de Todos os Santos.

Imagem do blog, retirada do livro (Senac).
 Segue a linda receita que ainda vou testar!

Imagem do blog, retirada do livro (Senac).
***

Ingredientes


  • 800g de feijão fradinho
  • 80g de cebola ralada
  • 500ml de azeite-de-dendê
  • Sal a gosto


Dica: Compre o feijão fradinho já quebrado que a casca é retirada facilmente quando posta na água.

Modo de preparo


  • Deixe o feijão de molho por 5 horas, lave-o em seguida e retire toda a casca. Depois de lavado, passe no moedor de cereais, transformando-o em massa; acrescente a cebola e o sal.
  • Bata a massa com colher de pau para que fermente e fique leve. Molde em colher de pau e frite no azeite-de-dendê.


Rendimento: 6 porções.


***

Muito fácil, né?
Mas trabalhoso! Vejo a baiana trabalhando bem o braço pra bater essa massa! 
E não adianta substituir o dendê por nenhuma outra coisa. Acarajé é assim, e o sabor é único!

:*
Uma ótima e deliciosa quinta!

Inspiração: Vídeo - The First Hug (O primeiro Abraço)

Ontem eu vi esse vídeo e não resisti a compartilhar no Facebook. Agora eu trouxe para vocês, para inspirar a quarta-feira de vocês com um simples gesto de amor e caridade (bem como Jesus nos ensinou).

Esse jovem saiu pelas ruas abraçando os cães abandonados que encontrou a ideia foi intitulada de The First Hug (O primeiro abraço). As reações são diversas e a desse cão no frame principal do vídeo...nossa...é estupendo ver isso.


Apesar de ser um vídeo de 2016, talvez você não tenha visto e eu quis trazer para compartilhar!

Uma quarta inspiradora para você!
Muita luz!
:*

Frase de efeito: Livro - Uma breve história do tempo.

Então, nós falamos tanto em luz, iluminar, clarear, dar luz, clarear as ideias, iluminar a vida, entre outras diversas formas de falar, que me fez lembrar de uma frase que li no livro Uma breve história do tempo, de Stephen Hawking.

Nada melhor do que um doutor em cosmologia para nos "iluminar" um pouco mais a respeito de uma fantástica palavrinha, que define tanta coisa e traz uma percepção magnífica de todas as coisas:




Segundo a teoria da relatividade se a luz não consegue ir de uma região para outra, nenhuma outra informação consegue.


Pronto. Agora sou eu quem não sabe como traduzir o que diz a teoria da relatividade a respeito da luz, pois simplesmente ela diz tudo claramente. Tudo o que vemos só é possível por causa da luz. Se não há luz, não há nada. A própria informação só existe se houver luz, senão ela nada mais será do que nada.

Qualquer informação só existirá se houver luz. Então sejamos nós portadores de luz, para que a vida melhore em todos os sentidos.

Vamos iluminar o nosso dia!
:*

Esmalte da semana: Só Jujuba Rosa - Risqué.

Para começar a semana tem um pouquinho de cor! O incrível é que passei quinze dias (isso mesmo!!) sem nem mesmo fazer as unhas...uma vergonha! Elas estavam horríveis! Tinha umas quatro quebradas e eu não me atrevi a pegar uma lixa de unha para alinhar. Nada! meu tempo tá curto até pra cuidar de mim...mas na verdade, isso me fez perceber que o administro mal.

Problema resolvido!


Esmalte Só Jujuba Rosa, da coleção Eu era feliz e sabia!, da Risqué.

Uma semana de luz para nós! E para nosso país, especialmente!
:**

Frase de efeito: Livro - Bom dia, Sr. Mandela.

O Mandela não foi uma simples pessoa que passou por esse mundo, apesar de ter sido uma pessoa simples. Acredito que tinha falhas como todo homem, ser humano. Mas tinha uma alma iluminada, uma mente lúcida e esclarecida. E por isso ele nos ilumina com o que conseguiu ensinar a sua secretária e amiga, Zelda, e ela nos agracia com essa memória no livro Bom Dia, Sr. Mandela:


O fato de alguém ocupar uma posição particular não significa que ela seja mais importante que qualquer outra pessoa. Seu tempo não é mais valioso que o dos outros. Ao se atrasar, você mostra que não tem respeito pelo tempo dos demais, portanto não tem respeito para com mais ninguém porque se considera mais importante.

Mandela sabia disso e ocupava uma posição importante. Porém ele compreendia que respeitar o outro compreendendo o quanto o tempo de cada um, seja quem fosse, era igualmente importante fazia com que ele se comprometesse e respeitasse os horários. Mesmo com o avançar da idade ele se esforçava para a pontualidade. Eu sou uma pessoa pontual. Mas por ter sido deixada esperando, em diversas ocasiões, acabei aprendendo que OU eu me estressava, OU me adequava. Resolvi me adequar. Quando as pessoas são pontuais, eu permaneço comprometida com o horário. Quando não são, ajo como elas e crio a mesma janela de tempo para os encontros.

Simples assim. Todos temos igual importância. E também acho que meu tempo é precioso, como o de todo mundo!

:*
Uma ótima noite de terça! 

Coisas de casa: Rack com pernas palito.

Peço desculpas pela ausência essa semana mas faltou um pouco de "inspiração" para vir aqui e fazer o que adoro, que é compartilhar.

A gente passa os dias refletindo, né? Mas a vida segue. Como criei uma nova tag semana passada, não poderia deixar de vir aqui hoje pra mais uma dica para nossa casa. Eu e o marido passamos os dias fazendo listas de pendências e vamos riscando da lista aquilo que vamos comprando, para organizar nosso apê. 

Essa semana chegou uma encomenda da Mobly, uma loja virtual, que vende móveis lindos com preço para todos os bolsos e gostos, e um frete super bacana! Compramos esse rack com pernas palitos e ficamos até meia-noite montando! Algumas coisas que demandavam batidas ficaram para o dia seguinte, mas finalizamos a montagem e o bichinho já está lá no cantinho dele.

Imagem via
Olha ele no cantinho da sala! Observem bem esses puxadores! Eles serão trocados para combinar com nossa luminária.



Por enquanto ele tá no cantinho dele, quieto, sem muita companhia. Mas aos poucos nossa casa tá tomando forma e em breve ela parecerá conosco, muito! Não temos pressa agora, decoração é personalidade. É quando nossa casa fica com nossa cara, é quando ela passa a ter a personalidade mista de nós dois.

Em breve tem mais novidades!
:*
ótima sexta!

O luto...

Essa semana começa um pouco diferente para mim, mas não pior do que para meus primos que perderam a mãe neste último sábado (06/05). Acordei com uma mensagem inacreditável de que uma tia MUITO, MUITO querida, falecera. Ainda é muito difícil de acreditar, uma pessoa de 50 anos ter um infarto fulminante...

Não importa mais falar de questões como alimentação correta ou exercícios físicos. Nada disso importa mais. Tudo que queríamos era outra chance pra ela, que tivesse dado tempo de uma intervenção, que minha prima não tivesse assistido tudo...

No fim das contas ficam várias reflexões, inclusive sobre o tempo que dedicamos para estar com as pessoas que realmente importam pra nós. Tudo o que faço na minha vida, busco agir de forma a não me arrepender depois. E, apesar de não ter ido visitar minha tia das vezes em que ela comentou, porque sei que não fui por motivos plausíveis, não me arrependo. 

O que gostaria mesmo é de ter estreitado mais o laço, conversar com ela todos os dias, ou sempre que a saudade apertasse. Como disse, não tenho qualquer arrependimento, sei que ela me amava e ela sabia que eu a amava. Os últimos comentários dela em minhas fotos me dão essa certeza e triste é saber que ela não irá mais aparecer pra deixar aqueles comentários.

Dentro de mim tenho a mais pura sensação de saudade. Oro pelo seu espírito e por seus filhos, que tem segurado uma barra pesada com a ausência da amada mãe. E faltando uma semana para o dia das mães, todos perdemos uma mãe. 

Uma semana iluminada para nós! 
Amem e se permitam ser amados, sempre!
:*

Nova tag: Coisas de Casa

Tô lançando uma nova tag aqui no blog, para animar as sextas-feiras! Como estou revivendo aquele momento de mobiliar e decorar o novo lar, resolvi trazer dicas também. Aqui na cidade tem bastante daquelas lojinhas de variedades, e nelas você encontra muita coisa bacana quando precisa. 

Esses dias, após o trabalho, fui no centro dar uma olhada em diversas lojas (inclusive Le Biscuit e Lojas Americanas) e procurar coisas que preciso para minha casa, mas que também correspondam aos meus gostos e ao pequeno espaço. Descobri então uma variedade de produtos UZ.




A UZ. utilidades possui diversos produtos para nossa casa, e são produtos de qualidade sim! Não é por estarem em lojinhas de variedades que não possuem valor! No primeiro dia de buscas, comprei dois vasos para mantimentos. No segundo dia, dois potes para condimentos. Estou com dificuldades de achar tudo o que preciso nessas duas cores, mas estou buscando.




Na loja, troquei algumas tampas pois os vasos que escolhi estavam com tampas meio frouxas, não dando a devida vedação ao recipiente. Percebi que isso se dá pois os clientes acabam realizando trocas mesmo, pois acabei fazendo isso e os meus vieram mais apertadinhos. Além disso, troquei as tampas pois queria amarelo e preto (em breve vocês entenderão o motivo), e simplesmente estou adorando a funcionalidade e charme dos produtos.


Ao entrar no site deles, pude verificar que seus produtos vão além do que vi nas lojas, contando com: Servir, Organizar, Higienizar, UZ Baby e Decorar. Entrei em contato com a UZ pois quero saber um pouco mais dos seus produtos. Observei que os potes plásticos tem ótima vedação das tampas (posso comparar um pouco com a qualidade Tupperware e o design da Coza), além de serem lindos!

Imagem via

O preço é "alto" para as lojinhas de variedades, mas é bem abaixo dos valores cobrados pela outra marca que citei aí em cima. E pela qualidade do material e até mesmo design, a gente quer trazer pra casa. Esclareço que esta postagem estou fazendo como consumidora e jamais falaria bem de algo que não gostei.

Você já conhecia a marca?

:**
ótima sexta!

Dica de quinta: Vá ao Rio de Janeiro!

O Rio de Janeiro continua lindoo....!
Ahhh...eu gostei demais! Não senti preconceito conosco (por sermos baianos/nordestinos), pelo contrário! Calorosos e bons anfitriões como nós baianos, os cariocas! Trouxe fotos dessa viagem à Cidade Maravilhosa, que foi curtinha mas teve seu charme!

Primeiro enfrentei o bichão, né?! Mas nem deu aquele frio na barriga como do twister no parque de diversões, foi uma delícia apesar de apreensiva no começo. Aí fomos chegando no Rio e eu não conseguia tirar a cara da janela...quase uma criança lá acoplada ao vidro! *.*

Sobre o Hotel Atlântico Bussiness, ali no centro da cidade, só tenho boas referências. Adorei o preço e qualidade. Reservamos pelo Booking.com, e deu tudo certo sem qualquer novidade ruim.



Como só passeamos na Lapa na primeira noite, tenho poucas fotos e mesmo assim a maioria é com os colegas, aí não posso postar. Mas vale dizer que a Lapa é charmosa, tem bares de todos os tipos e gostos (e contas bancárias =) e excelente atendimento.


O segundo dia que curtimos mesmo...piscina do Hotel pela manhã, almoço na Urca. Aliás, a Urca é charmosa, eu amei passear ali. Um bairro tranquilo (talvez pela presença da Marinha do Brasil, instalada ali), parece de alto nível (não sei), limpo e organizado (aliás, achei o Rio muito limpo e organizado!).



Depois do almoço passeamos de Bondinho! Trouxe algumas fotos da vista maravilhosa lá de cima. E subimos os dois trechos, fomos até o Pão de Açúcar! Sensacional!




Levamos umas quatro horas turistando por lá. Depois fomos "tomar uma" na Urca, tinha um tal pastelzinho famoso nas "Muretas da Urca" então fomos lá. Não lembro o nome do bar, mas a gente senta na mureta e pega nossa bebida e petiscos no bar...achei bacana pra caramba!

Pôr do sol nas Muretas da Urca

Noite nas Muretas da Urca
E como eu liguei o modo "tabaréu" quando cheguei ao Rio (aliás, já fazia tabaroísses desde o avião!), eu fiz a galera prometer que ia no Starbucks do aeroporto comigo, no dia do nosso retorno...e fomos! Só eu provei o cappuccino de chocolate (delícia!), mas o povo me acompanhou de qualquer jeito.


Enfim! Eu tenho muitas fotos e memórias! Faria tudo de novo, foi mesmo incrível! Que venham novas e divertidas viagens!

Se você não conhecer o Rio de Janeiro, não desperdice a oportunidade quando bater à sua porta!
:**