Inspiração: Terrários.

Estou buscando opções alternativas para decorar a casa e economizar (dinheiro e meio ambiente). Como tenho dois vasinhos com suculentas, cheios de mudinhas, preciso transpor para outros vasos. Acabei pesquisando e encontrando diversas opções para fazer com suculentas, e a que mais chamou minha atenção foram os terrários.

Imagem via
Os terrários consistem em trabalhos delicados (ou apenas simples) que podem ser feitos com suculentas, principalmente as que não tendem a crescer muito. A maioria nos remete a mini jardins, pequenos ecossistemas cultivados em vasos de vidro, ornamentados com diversas pedrinhas, cascas de madeira...ou o que sua imaginação permitir!

Imagem via                                                                  Imagem via

As pedras no fundo do terrário são exatamente para o escoamento da água, já que o vidro não tem os furinhos embaixo e suculentas não vivem bem em terra muito úmida. A água escorre para as pedrinhas e cria um ciclo de umidade que irar "auto regar" a suculenta. Não pode exagerar na água!


No site da Casa Cláudia tem um passo a passo maravilhoso que dá pra gente fazer. Não gasta nadinha desde que se tenha o vaso, a terra e disposição pra encontrar pedras que você queira usar na decoração.

Eu amei! Quando fizer o meu venho mostrar! Provavelmente neste feriado colocarei a mão na terra!
:*
Uma linda quarta!

Frase de efeito: Nahon Castro.

No último final de semana o Nahon Castro voltou a Camaçari para mais uma palestra cantada. Ele não canta na palestra, mas sempre traz o grupo Porto da Alegria que traz o repertório com lindos arranjos para explicar, através de canções, aquilo que o Nahon expõe diante da visão espírita.

No meio de tudo me surge uma frase que eu não poderia de deixar pra lá:

Foto pessoal.
"Paixão sem a razão é cega, a razão sem a paixão é inativa."
(Autor desconhecido)


Basta dizer que entendo que isso não serve apenas para relacionamentos amorosos. Serve para tudo. Inclusive por aquela paixão por alpinismo que você nutre dentro de você mas não te levou a lugar algum pois você sempre coloca empecilhos para se mover. Ou quando busca algo de forma tão apaixonada que esquece a prudência e beira a obsessão desmedida.

Enfim, equilíbrio sempre. Para tudo na vida.

:*
uma linda terça!

Programa: Menos é Demais!

Mais um feriadão e eu consegui resolver diversas coisas de casa. É incrível como temos coisas a organizar em nossa casa, depois de quase três meses de mudança pro apê! 

No começo, gastei muito pra poder colocar a cozinha em alguma ordem, com vasos e utensílios que são mesmo necessários comprar. Porém, após assistir ao programa Menos é demais! estou percebendo o quanto me afastei da preciclagem e reutilização de bens e embalagens. 

Imagem via
Graças às dicas da Fê Cortez e da Chiara Gadaleta consigo parar e pensar em ideias sustentáveis para diversas coisas de decoração aqui de casa. E tenho muitas em andamento, mas não posso contar ainda por não ter concluído devido a alguns pequenos contratempos, mas em breve compartilharei cada coisa com vocês.

Voltando ao programa do Discovery Mulher, Menos é demais!, ele fala muito do consumismo desmedido e do acúmulo de coisas que a maioria das pessoas faz sem perceber, ou percebe não não toma atitude ou não vê o quanto esse comportamento é nocivo em diversos aspectos para a qualidade de vida. 

Tanto a Fê quanto a Chiara tem dicas suuuuuuper bacanas em cada programa, seja para a decoração de um ambiente, reforma de roupas e móveis, a dicas de plataformas de troca, venda, e outras coisas que eu jamais imaginei que existissem.

Imagem via
A Chiara é ex-modelo, ex-stylist, ex-estilista e agora é empresária. Dona da marca Tarantula, suas criações de lingeries, vestidos de festa e acessórios para casa são nutridos da personalidade que lhe completa. Seu lema é moda sustentável, com estilo.

Imagem via


A Fernanda Cortez (ou Fê Cortez) é empresária e criadora do movimento Menos 1 Lixo que é "uma plataforma sobre alternativas de consumo consciente". O lema da Fê é a busca por uma vida com menos excesso e mais essência. 

Eu acompanho o programa no Discovery Home & Health, toda quinta-feira a partir das 20:30. Vale super a pena. Além disso passei a seguir as meninas no Insta e FB, e favoritei o Menos 1 Lixo e a Ecoera. 

Tô aqui pra aprender e evoluir, vamos também?

:**
uma semana iluminada!

Frase de efeito: Filme - Jackie.

A frase de efeito de hoje veio do filme Jackie, uma história interessante sobre a primeira dama americana, esposa de John F. Kennedy, e suas sensações após o seu assassinato.

No geral, o filme é bom e traz a Natalie Portman numa versão da Jacqueline Kennedy que achei interessante. O jeito de falar e caminhar ficaram bem definidos, apesar de eu não saber como eram os trejeitos da primeira dama. Mesmo assim, observei que eles utilizaram filmagens reais para definir certas cenas do filme, o que torna ainda mais interessante conhecer esse enredo.

Imagem via

Pessoas perfeitas não conseguem mudar. O Jack ficava cada vez melhor, mais forte.

Verdade...quando parei pra pensar, quem é perfeito não precisa de aprimoramento, pois já atingiu a perfeição. Não que conheça alguém perfeito nessa vida, mas exatamente por isso a Jackie fala sobre o marido desta forma. Como todos nós, ele não era perfeito, mas além disso ele buscava se aprimorar e isso lhe dava mais força para melhorar mais. Apesar de ser uma regra da vida, nem todos os humanos buscam essa melhoria (falo daquela que dignifica a nossa passagem por esse mundo) e o ideal é que todos busquemos a nossa melhoria de vida pessoal, mental, espiritual, profissional, interpessoal...seja como for.

Uma linda terça pra você!
:**

Dia dos namorados...na segunda!!

Dia dos namorados em plena segunda-feira! Não dá, eu só imagino as filas e mais filas em todos os lugares que imagino ir. prefiro ficar em casa essa noite, até por que amanhã tem labuta! Combinamos um jantarzinho em casa mesmo, com uma massa e molho...talvez um vinho, paz e sossego.

Assim espero! Vamos ver como chego em casa depois do trabalho e academia!

Sobre presentes....não vai rolar. O presente esse ano é a minha adorável companhia e dotes culinários (só pra massas..rsrsrs), e uns brigadeiros gourmet que encomendei e depois mostro pra vocês! Mas admito que não consigo deixar nada em branco e já pesquisei uns presentinhos criativos com canecas e mensagens interessantes...

Para quem está priorizando a moradia e a saúde, como nós ultimamente, vale um presente que sirva para o casal e para a casa. Eu gostei muito de algumas coisas que vi por aí como esse combo pipoca da Uatt?

R$ 119,90..precinho salgado...


Mas como não temos canecas ainda (demos as que tínhamos na nossa casa há quatro anos atrás). Linda essa opção da Arte em papel:

R$ 25,00

A Westwing ainda dá ideias bacanas para organizarmos o jantar com uma linda e atrativa mesa. Um dia eu chego nesse nível, olha que linda:



Depois me conta o que você aprontou por aí!

:*
Um feliz dia dos namorados pra vocês!

Dica de quinta: Receita de bolo de aipim (macaxeira).

Com a proximidade das festas juninas, não poderia deixar de trazer uma receita de uma comidinha básica para o São João: Bolo de aipim (você pode conhecer essa raiz por macaxeira). Eu amo! Meu favorito! Posso sair da dieta no São João por uma ótima causa!

Imagem do blog, retirada do livro (Senac).
Em uma postagem anterior eu falei do livro que ganhei e até trouxe receita de acarajé (confira aqui!), hoje eu trago uma receita simples de se fazer, que resulta em um apetitoso bolo!


***

Ingredientes


  • 1 kg de massa de aipim
  • 200 g de açúcar
  • 50 g de manteiga (derretida)
  • 50 g de coco ralado
  • 1 gema
  • 1 xícara de leite de coco
  • 1 colher (chá) de sal


Modo de preparo


Coloque o aipim ralado (ou passado no liquidificador) numa vasilha com todos os ingredientes. Misture bem, até formar um creme. leve ao forno em forma ou assadeira untada com manteiga e vá regando com uma mistura de leite de coco, sal e açúcar. 


Tempo para assar: 40 min.
Temperatura do forno: 200º C.

Dica 1: Para se obter 1kg de massa de aipim é preciso 1,3kg de raízes.
Dica 2: Sempre que o aipim for passado no liquidificador, espreme-se para retirar o excesso de água e goma.

Gostou?
Vale testar, né?

:**
uma linda quinta!

Inspiração: Lousa para a cozinha.

Eu e meu namorado ficamos muito ansiosos para decorar o apê, mas já disse a ele que essa parte tem que ser aos poucos mesmo. É uma questão de personalidade não é só "decorar por decorar". É pra dar alma, visual, materializar nossos sentidos.

Lousa na cozinha está muito em alta, mas não é por isso que eu curto e sim, pelo fato delas serem funcionais, divertidas e criativas. Estou pesquisando alguns "Faça você mesma" para poder confeccionar a nossa. Estou em uma pegada mais econômica e também AINDA MAIS ambientalmente consciente, então preciso reduzir nosso consumo.

Vamos a alguns D.I.Y. que achei em blogs bacanas:

Imagem via
A Fran, do Morando Sozinha, dá umas dicas bacanas para quem quer fazer uma parede de lousa, seja preta ou verde escolar. 

Imagem via
A Lelê Gianetti, do I Could Kill For Dessert, dá umas dicas muito bacanas também, mas são bem completas pela diversidade de materiais em que se pode fazer essa técnica.


Imagem via
A Nina Braz, do Tu Organizas, fez a parede dela na cozinha americana muito linda! Tem um vídeo no blog dela explicando (segue o link) como ela fez com o contact.


O que gosto em todas essas dicas é a diversidade, opções, preços (por que já estou aqui imaginando custos!)... Inclusive lembrei que tenho contact preto fosco lá no trabalho, pois comprei para vedar as janelas de vidro e proteger minhas costas da incidência solar na parte da tarde (lá no trabalho), e sobrou um bom pedaço!

Só que não vou fazer na parede, vou fazer um quadro. Acho melhor pois na cozinha não tem parede lisa, todas tem revestimento.

:**
linda quarta!

Frase de efeito: Livro - Bom dia, Sr. Mandela.

Imagem via

"A coisa mais importante que qualquer pessoa pode dar é seu tempo".


Assim a Srta. La Grange diz que o Sr. Mandela lhe ensinou. E assim aprendemos com ela. Em meio a um caos social que vivemos nos dias de hoje, onde PRECISAMOS buscar meios de sobrevivência e acabamos comprometendo todo nosso tempo com o trabalho, raros são os momentos que conseguimos dispender para estamos com pessoas que alegram nosso coração, que sentem nossa falta e de quem sentimos falta. Tempo, nos dias de hoje, se tornou mais escasso e mais raro do que a água potável, e com igual valor e importância à vida humana.

Hoje podemos nos perguntar: o que temos feito com nosso tempo?

:*
Uma terça de paz e luz pra gente!

Final de semana com o filme: Negação.

Desde o dia que vi o trailer desse filme ele ficou em minha cabeça. Eu ia assistir de qualquer jeito e, por isso, coloquei um post-it no meu monitor me lembrando da sua data de estréia nos cinemas: 09/03/17. Foi ali que sabia que ia ver um filme interessante sobre uma história real, que me deixaria fascinada pela dedicação de pessoas em provar algo que jamais imaginei que pudesse ser contestado (e ainda acho incontestável!) como em Negação.

Imagem via
As impecáveis atuações de Rachel Weisz, Timothy Spall e Tom Wilkinson dão a dose certa de drama à película, que nos instiga a conhecer mais da trágica história que recaiu sobre o povo judeu pelas mãos do líder alemão Adolf Hitler. 

Imagem via
Enquanto David Irving (Spall) nega a existência do holocausto durante a Segunda Grande Guerra, a historiadora Deborah Lipstadt que se opõe a dar significância à pessoa de Irving ou à sua fala deturpada sobre os fatos ocorridos. Porém, ele resolve processá-la por difamação e aí temos o início de uma série de questionamentos que são levantados e não tão facilmente rebatidos.


Admito que a atuação do Wilkinson como o advogado defensor da ré (na justiça britânica o réu é que tem que provar que não é culpado), Deborah, me encantou mais. Achei a interpretação dele bastante realista. Aliás, de todos eles, o time de atores é excelente.

Imagem via
O filme é muito bem executado e achei estranho não tê-lo visto nos cinemas por aqui. Não tem grandes cenas ou caprichadas cenas de suspense. Conta o que ocorreu há pouco tempo (entre 1998 e 2000) levantando também o questionamento a respeito da liberdade de expressão. Este não é foco da história, mas acaba sendo levantado e bem justificado através do posicionamento da historiadora Deborah Irving.

Recomendo!
Uma semana de paz e luz pra gente!
:*

Dica de quinta: 5 dicas para quem tá comprando na planta x reformando.

Finanças é sempre um assunto importante para tratarmos. Não sou expert, mas acredito que algumas experiências que passamos nos ensinam muito!

Reforma custa muito caro. Não adianta achar que aquele orçamento previsto vai caber na grana que você juntou, no piso que você comprou e deixou guardado, no enxoval que você conseguiu fazer a duras penas já que comprou seu apartamento na planta, por que algo vai custar um pouco mais por algum imprevisto que provavelmente surgirá.

Hoje eu zelo muito para dar a minha casa o aspecto dos seus donos. Nossa personalidade. Pois assim são todos os lares, impregnados  de quem ali mora. Falta muito ainda e a grana é curta pois tem um resquício de reforma ainda nos nossos rendimentos. Como dica para quem está comprando apartamento ou casa na planta, eu digo o seguinte: organize as suas contas. Todas elas! 

Arquivo pessoal
1. Comprando na Planta:

Durante a obra é importante que compreenda o que pode ou não modificar no apartamento para não comprar algo que não vai usar. Também tenha muito cuidado com a escolha dos acabamentos, é um desperdício de dinheiro muito grande quando você coloca um revestimento e se arrepende depois, por exemplo.

Imagem via
2. Fazendo o enxoval:

Fazer o enxoval enquanto paga as parcelas é algo importante! Compre seus lençóis de cama, panos de prato, jogo de panelas, pratos, talheres, de forma que você goste mas que também sejam FUNCIONAIS! Muita coisa sai de moda e você pode enjoar de um quadro que comprou e ficou lá dois anos na caixa, esperando o grande dia de ser pendurado, aí você decide que não quer ele, que nem combina com sua decoração.

Imagem via
3. Comprando o necessário:

Dizem que "beleza não põe mesa", e mesmo que o seu conjunto de bowls seja lindo, você não vai povoar a mesa com 10 ao mesmo tempo. Além disso, para que você vai querer tanto edredom e colchas de cama, capas de travesseiros aos montes, 300 travesseiros na cama, se seu apartamento não vai ter nem onde guardar, nem onde lavar? E mesmo que tenha...já imaginou o trabalho que isso dá (tirar e colocar)? Compre o útil, ainda que opte pelo belo, mas que saiba que irá usar e que terá prazer nisso.
O meio ambiente agradece!

Imagem via
4. Fluxo de caixa:

Planilhe se for necessário, monitore a parcela que vem na fatura do cartão de crédito e a que já finalizou, o que é mais urgente comprar e o que não é. Não vá na onda de parcelar em 10 vezes sem juros! Faça o possível para se livrar de cada compra o quanto antes, pois você precisará de limite para algo que possa surgir no caminho!


Imagem via
5. Atribuições dele e dela

O fato é que eu e meu marido temos nossos rendimentos. Admito que, por enquanto, cada um administra o seu e eu acho que essa é a forma correta para um não querer controlar o outro. Assim, dividimos os pagamentos entre "contas dele" e "contas dela", para que cada um saiba dos seus compromisso financeiros e não se atrapalhe com os pagamentos. Ele ainda se atrapalha e acaba pagando algo com atraso ou na data do vencimento, porque esquece. (rsrsrs)


***

Por enquanto, essas são minhas dicas principais. Você acrescentaria alguma, por experiência própria?

Claro que isso não é muito, mas só o dia a dia vai te ensinar a lidar com cada coisa que surge...e não se engane, sempre aparece algo para pagar, comprar, mudar...

Uma ótima quinta!
:**